A Casinha feliz
PALAVRA DE PROFESSOR

Estado de Goiás
Prefeitura Municipal de Luziânia
Secretaria de Educação
Rua Manuel Carvalho de Rezende c/ Rua João Paulo
Qda. A snº - Centro – Luziânia.

 

Ofício – SE – Nº 636/97

            Luziânia, 3 de Junho de 1997.

 

Sr. Ministro,

            É dever de justiça e é expressão de nossa necessidade, dizer-lhe o que se segue:

            Em 1993, ao assumirmos a Secretaria Municipal de Educação de Luziânia, encontramos até 90% de reprovação na alfabetização do ano anterior (1992).

            Sentimos a necessidade de um Pronto Socorro de Alfabetização.

            Conhecendo os vários Métodos de Alfabetização (por ter sido professora dessa disciplina durante alguns anos) e conhecendo a nova realidade de nossos professores, não encontramos outro método que pudesse se adaptar melhor que o método da Casinha Feliz, de Eloisa Meireles, Editora Record.

            Entramos em situação de pronto socorro com 111 cursos, 751 professores atendendo nestes quatro anos e meio em torno de 30.000 alunos da 1ª série.

            Temos ainda o que avançar e estamos lutando por isto, mas na mesma escola, onde constatamos 90% (noventa por cento) de reprovação na recuperação em 1992, após a aplicação do método em 1993, alcançamos a porcentagem de 96% (noventa e seis por cento) de APROVAÇÃO.

            No global, atingimos em 1996 a porcentagem de 77% (setenta e sete por cento) de aprovação nas 1ªs séries.

            Não podemos perder este método! Precisamos sim, aperfeiçoar e complementar esta prática e para isto necessitamos continuar recebendo estes livros que neste ano foi substituído pela 2ª opção, Porta de Papel.

            Não podemos quebrar uma situação que está dando resultado. Hoje temos 4.236 alunos na 1ª série. Com a emancipação dos municípios de Valparaíso e Novo Gama, perdemos quase a metade das crianças na 1ª série, mas pelo que nos consta, também eles continuam usando o Método, assim como alguma escola de Cristalina – GO, onde esta Secretaria deu o curso e continua o acompanhamento.

            Sr. Ministro, não receber estes livros causaria uma interrupção num processo que está dando certo e que dia a dia se aperfeiçoa.

            Na certeza de sermos atendidos e aproveitando a oportunidade para um elogio pessoal ao trabalho desenvolvido na Educação, atenciosamente agradecemos.

 

Cíntia Lucia Curado Cardozo
Coord. Pedag. do Ensino Religioso

Maristela Terceiro Chaves
Coord. do Pré-Escolar

Maria V. Silva Ruriz
Coord. das Secretarias Escolares

Luzia de Moraes Aguiar Melo
Coord. do 1º Grau

Vera Lucia de Melo Rosa
Coord. Pedagógica

Rosana Mantovani Barreto
Autorização nº437/96

 

Cleusa Meireles Castellanos
Secretária Municipal de Educação
Reg. nº 38726/MEC